fbpx
contato@oriturlazer.com.br
+55 51 3073-6102

Saba

Com atmosfera pacífica e amigável, a ilha de Saba é outro paraíso isolado no mar do Caribe. Vulcânica e rodeada por pequenos vilarejos preservados, datados do século XVII, época da colonização holandesa, proporciona ao visitante uma volta ao passado. Com história e natureza preservadas, Saba é o destino certo para quem aprecia cultura, observação da vida marinha, caminhadas e momentos de descanso à beira mar. O Parque Marinho de Saba é imperdível.

Não deixe de visitar:
Mount Scenery (Windwardside);
Passeios de barco;
Mergulho com e sem snorkel;
Windwardside (Windwardside);
Dutch Museum Saba;
Harry L. Johnson Museum;
Ladder Bay;
The Bottom.

O que você deve saber

  • Para explorar Saba, e seus 13 Km ², o visitante pode alugar um carro ou contratar um táxi. As ruas são organizadas e os atrativos bem sinalizados.
  • Saba é uma ilha vulcânica com os penhascos e costas rochosas, e um ecossistema diversificado. Há quatro pequenas aldeias em Saba: The Botton, que é a maior e a capital da ilha; Windwardside, a segunda maior aldeia e melhor lugar para compras e atividade turística; Hell’s Gate, a primeira vila, e St John’s, que é a menor e mais residencial. A ilha é famosa por suas trilhas para caminhadas. Aventure-se.
  • A noite de Saba é bastante animada. Aos fins de semana, acontece o que os nativos chamam de “festa em toda a ilha”, o que significa: todos estão convidados. Pode ser uma festa disco, uma banda de tambores de aço à beira da piscina ou um luau na praia.

 
[huge_it_maps id=”13″]
 

Anote
Aeroporto: Aeroporto Juancho E. Yrausquin (SAB)
Capital: The Botton
Moeda: Florim das Antilhas Holandesas
Idioma: Holandês, mas o inglês é falado pela população local.
Visto: Brasileiros não necessitam de visto
Vacina: Febre Amarela. É obrigatória e deverá ser tomada 10 dias antes do embarque
Código de telefone: 599
Eletricidade: 110V
Fuso Horário: 02 horas a menos em relação à Brasília
Melhor época para viajar: Todo o ano. Lembrando que de agosto a novembro existe o risco de furacões.
Informações turísticas: http://www.sabatourism.com/